Acácio Favacho cobra da Prefeitura debate sobre a concessão do aterro sanitário de Macapá

por Danielle Duarte última modificação 28/08/2017 16h48

O vereador Acácio Favacho (PROS), presidente da Câmara Municipal de Macapá (CMM) questionou a Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) sobre a concessão que permite o despejo do lixo coletado nas cidades de Santana e Mazagão, no aterro sanitário de Macapá.

“Não somos contra a iniciativa da Prefeitura de Macapá, consideramos até louvável a atitude do prefeito em socorrer os dois municípios vizinhos no recebimento do lixo das duas cidades, mas queremos que o prefeito respeite a Lei Orgânica do Município”.

Segundo Acácio Favacho, antes de autorizar qualquer concessão ou permissão de serviço, a Prefeitura de Macapá, precisa ter autorização da Câmara de Vereadores, e segundo ele, neste caso isso não ocorreu.

O parlamentar defende um estudo prévio sobre a capacidade e vida útil do aterro sanitário, antes que a concessão seja liberada. “Somos a favor da parceria entre as Prefeituras de Macapá, Santana e Mazagão, mas as prerrogativas da Lei Orgânica do Município devem ser respeitadas”, sintetiza.

Assessoria de Comunicação SECOM/CMM.