Associação busca apoio institucional para pessoas com HIV e Aids

por Danielle Duarte última modificação 27/04/2018 15h31

A presidente da Associação de Amigas e Mulheres Amapaenses Posithivas (Amaaph), Márcia Pinheiro falou por mais de 30 minutos na tribuna da Câmara Municipal de Macapá (CMM) durante a 17ª Reunião Ordinária desta quinta-feira, 26, pedindo apoio dos parlamentares pelo estado de abandono enfrentado pela instituição.

Segundo Márcia Pinheiro, a falta de políticas públicas efetivas por parte do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) tem colaborado pelos agravos e dificuldades enfrentadas pelas pessoas com HIV e Aids atendidas pela Amaaph.

Apoio- A presidente da instituição reclama da falta de infraestrutura e de apoio institucional para executar as atividades voltadas aos pacientes e seus familiares. Márcia Pinheiro também reclama da falta de medicamentos usados pelos pacientes para controle da doença. Márcia reclamou ainda do preconceito e da discriminação, que segundo ela, ainda é muito latente na sociedade. Ela propôs aos vereadores a realização de uma audiência pública pra debater amplamente a situação das pessoas com HIV e Aids, no Amapá.

Márcia Pinheiro veio a CMM, a convite do vereador Marcelo Dias (PPS). O parlamentar está preocupado com a situação e as dificuldades enfrentadas pela instituição.

Secretaria de Comunicação/SECOM/CMM.