Câmara Itinerante do município de Oiapoque, em Macapá, tem resultado positivo

por Danielle Duarte última modificação 19/12/2017 10h42

Oiapoque foi o primeiro dos 16 municípios do estado do Amapá a ser contemplado com a sessão itinerante na Câmara Municipal de Macapá.

A sessão itinerante faz parte do “Projeto Parlamento Forte”, de iniciativa do vereador Acácio Favacho (PROS), presidente da Câmara Municipal de Macapá - CMM. A proposta é integrar todas as Câmaras Municipais num amplo debate entre o Governo do Estado, órgãos federais e os municípios, acerca das problemáticas de cada região. 
Sessão Itinerante- A sessão itinerante contou com a presença dos 11 vereadores de Oiapoque, do prefeito em exercício Erlis Karipuna, secretários municipais, estaduais e 16 dos 23 vereadores de Macapá, contou ainda com a participação popular e lideranças políticas. Na oportunidade, os parlamentares aprovaram projetos e requerimentos. 
O vereador José Nazareno Rodrigues, o “Lobão” (PROS), atual presidente da Câmara Municipal de Oiapoque, presidiu a sessão. “Lobão” considera a iniciativa do vereador Acácio Favacho um marco na história das Câmaras Municipais, colocando a Câmara da capital como interlocutora nos diálogos com o Executivo Estadual e Federal. Ele frisou a importância da Câmara de Vereadores de Oiapoque sair da zona de conforto de sua sede, em busca de soluções para melhorar a vida dos oiapoquenses.
Durante a sessão itinerante, os vereadores de Oiapoque aprovaram diversas matérias de interesse daquele município. Além disso, apresentaram uma série de demandas ao Governo do Estado, entre elas, a instalação de aterro sanitário para acabar com o problema crônico do lixão em Oiapoque; a legalização definitiva das terras de Oiapoque; aquisição de aparelho Raio X e de Ultrassom para o único hospital público do município; além da intervenção do Estado nas obras de asfaltamento dos 112 quilômetros da BR-156. 
Mais Agenda- Todas as demandas debatidas durante a sessão itinerante, foram apresentadas ao governador do Amapá Waldez Góes (PDT), durante um almoço na residência oficial. 
Em seguida, os vereadores participaram de uma reunião com o presidente, vereador Acácio Favacho e seguiram para audiência com o juiz federal João Bosco da Silva. Na conversa com o Juiz, os parlamentares de Oiapoque pediram apoio para sanar os problemas mais graves daquele município. João Bosco já ciente de algumas questões referentes a Oiapoque, convidou a todos para participarem de duas audiências públicas em Macapá sobre o município. A primeira, no dia 13 de novembro sobre o projeto de instalação do aterro sanitário de Oiapoque, que segundo, o juiz já tem disponível R$ 12 milhões para investir no projeto, e a segunda audiência, no dia 17 para debater sobre a extensão do linhão de energia elétrica de Calçoene até Oiapoque. 
O vereador Acácio Favacho fechou a agenda, otimista com o resultado da primeira edição do projeto Parlamento Forte. Os próximos municípios já agendados serão: Laranjal do Jari e Cutias do Araguari, que também deverão realizar sessões itinerantes das Câmaras Municipais dos respectivos municípios, em Macapá.

Secretaria de Comunicação/SECOM/CMM.