Vereador Caetano Bentes trás convidado para falar sobre doenças e agravos não transmissíveis

por Danielle Duarte última modificação 16/04/2018 15h47

A convite do vereador de Macapá Caetano Bentes (PSC) o diretor executivo da Superintendência Estadual de Vigilância em Saúde do Amapá (SVS) Emanuel Bentes usou a tribuna da Câmara Municipal de Macapá (CMM) nesta terça-feira, 10.

Durante seu discurso, Emanuel Bentes alertou a respeito das doenças e agravos não transmissíveis, que segundo ele, apresentam índices elevados no Estado. O diretor destaca que a proposta é atualizar os vereadores há cerca do avanço dos índices desse tipo de agravo no Amapá para que possam debater essas questões na Câmara Municipal de Macapá.

Estatística- Emanuel Bentes ressalta que no Amapá, segundo estatísticas, 57% dos óbitos são decorrentes de doenças e agravos não transmissíveis entre elas doenças cardiovasculares, cânceres, diabetes, saúde mental, acidentes e violências e as doenças respiratórias. “É necessário investir em políticas públicas que possam contribuir com a redução dos óbitos em conseqüência destas doenças e destes agravos”.

Debate- O vereador Caetano Bentes considera essencial investir na prevenção e no combate as doenças e agravos não transmissíveis. “A vinda do diretor da SVS aqui na Câmara de Vereadores reforça o compromisso do Legislativo Municipal em debater assuntos que estão na pauta do dia”, finaliza Caetano Bentes.

Secretaria de Comunicação/SECOM/CMM.