Câmara de Vereadores volta do recesso e realiza a primeira sessão ordinária de 2017.

por danielle.duarte — publicado 08/02/2017 16h25, última modificação 08/02/2017 16h25

Câmara de Vereadores volta do recesso e realiza a primeira sessão ordinária de 2017.

A Câmara Municipal de Macapá realizou na manhã desta terça-feira (07), no plenário Stephan Houat, a primeira sessão ordinária do ano. A reunião marca o inicio dos trabalhos legislativos de 2017.

A sessão foi presidida pelo vereador Acácio Favacho (PROS), e contou com a presença da maioria dos vereadores, autoridades, secretários municipais, do prefeito de Macapá, Clécio Luis, a vice prefeita, Telma Nery e a comunidade que lotou as galerias.

O prefeito de Macapá Clécio Luis (Rede) usou a tribuna para fazer a leitura da Mensagem do Executivo Municipal e aproveitou para fazer uma avaliação de seu primeiro mandato, reconhecendo a postura republicana da Câmara Municipal, sob a presidência do vereador Acácio Favacho. Clécio disse que a Prefeitura de Macapá quer manter o clima de integração, respeito e independência entre os dois poderes.

O presidente da Casa, vereador Acácio Favacho (PROS), recepcionou a todos dando boas vindas aos seus pares, e pedindo o empenho de todos na condução do legislativo municipal.

Acácio entende que diante do cenário de crise financeira instalada no país e com reflexos para as capitais, o clima entre Câmara Municipal de Macapá e Prefeitura de Macapá será republicano. “O Legislativo Municipal está pronto para debater e aprovar todos os projetos do Executivo Municipal e desta Casa de Leis, que sejam de interesse da população”. Declarou.

Favacho anunciou que nesta XII Legislatura, a Câmara Municipal de Macapá fará uma atuação ainda mais descentralizada. “Iremos levar a Câmara Municipal através das sessões itinerantes a todos os bairros de Macapá, além de pautar o debate sobre a reformulação do Plano Diretor do Município”. Pontuou.

Diante da possibilidade de um reajuste nas tarifas do transporte coletivo na capital. O presidente da Casa antecipou que na próxima semana, a CMM, vai solicitar a Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac), a instalação do Conselho de Transporte Coletivo, que reúne representantes do Executivo Municipal, do Legislativo Municipal, dos estudantes, dos moradores e da CTMac. “Nos últimos anos, o reajuste da tarifa de ônibus em Macapá tem sido judicializado. O debate deve sim passar pela apreciação da Câmara Municipal e da Prefeitura”. Concluiu.

As sessões ordinárias da Câmara Municipal de Macapá são realizadas nas terças e quintas-feiras, 9h.