Câmara Municipal de Macapá avança no processo de informatização

por Sec. Comunicação publicado 08/07/2021 15h30, última modificação 08/07/2021 15h30

Visando dar mais publicidade e transparência aos atos da Casa de Lei, a Câmara Municipal de Macapá avança na implantação do Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL).

A ferramenta informatiza e padroniza os trâmites legislativos, permitindo ao cidadão acompanhar as proposições desde o protocolo até a votação, sanção ou promulgação.


Oferecido gratuitamente pelo Interlegis às câmaras municipais, o SAPL permite, ainda, elaboração virtual de proposições, organização das sessões plenárias, manutenção da base de leis e consultas às informações a respeito da mesa diretora, comissões permanentes, ordem do dia e votações.

Treinamento - O presidente da CMM, vereador Marcelo Dias (Solidariedade) ressalta que a Câmara de Vereadores iniciou a capacitação de servidores e colaboradores de setores estratégicos como: Seleg, Redação, Comissões Permanentes, Arquivo, Comunicação e Deinf. “As primeiras tratativas para a implantação do serviço iniciaram em abril deste ano”, observa o parlamentar.

Eficiência- Marcelo Dias reforça que na prática, a informatização da CMM, vai melhorar e ampliar a eficiência dos trabalhos legislativos e das mídias oficiais da Casa. “Iremos avançar em várias atividades legislativas. No segundo semestre legislativo já vamos ter algumas novidades”, destaca o vereador.


“Agradeço ao empenho do Departamento de Informática da CMM, da Secteraria Legistiva, e demais setores envolvidos nesta missão de modernizar as atividades essenciais da Casa”, acrescenta Marcelo Dias.

A equipe é formada pelos analistas Jonathan Sales, Joel Gonçalves e Kleber Pantoja. “Além da transparência dos trabalhos legislativos, todo esse acervo será disponibilizado em nossas plataformas digitais, servindo como fonte de pesquisa para a sociedade em geral”, completa Jonathan Sales, chefe do Departamento de Informática da CMM.

 

Interlegis- O Interlegis é um programa do Senado Federal, executado pelo Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) desde 1997. Seu objetivo é fortalecer institucionalmente o Poder Legislativo, por meio do estímulo à modernização, integração e cooperação, entre as casas legislativas nas esferas federal, estadual, municipal e distrital. Tudo sem custos para as câmaras e assembleias parceiras.

Texto: Secom/CMM.