Depressão e suicídio: Temas que prevaleceram durante a sessão legislativa desta quinta-feira

por Adriana Stephanie Amoras Ramos publicado 06/09/2019 10h38, última modificação 06/09/2019 10h38

Com transmissão ao vivo pelo facebook e pelo canal YouTube, a depressão e o suicídio foram alguns dos temas debatidos entre os vereadores durante a 42ª sessão legislativa da Câmara Municipal de Macapá (CMM), ocorrida nesta quinta-feira, 5.

                                          

Os parlamentares aprovaram por unanimidade um projeto de lei de autoria da vereadora Patriciana Guimarães (Republicanos), que institui e inclui no calendário oficial de eventos de Macapá, a Campanha de Valorização da Vida “Setembro Amarelo”. 

Patriciana Guimarães teve também um requerimento aprovado em plenário para o lançamento, no dia 18 deste mês, da campanha “Acolha a Vida”, promovida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

 

Os vereadores aprovaram ainda projeto de decreto legislativo do vereador Nelson Souza (Rede), que cria o título da “Gastronomia Macapaense”, e projetos de decretos legislativos da vereadora Bruna Guimarães (PSDB), concedendo títulos honoríficos Cidadão de Macapá, à personalidades com atuação de destaque na capital, Adrianna Ramos (PTB), e Marcelo Dias (PPS), que concedem títulos honoríficos Mérito do Advogado, à profissionais da área.

                                             

Foram aprovados também 67 requerimentos e apreciadas 19 indicações.

TRIBUNA - O jornalista Oscar Costa da Silva Filho, membro da Pastoral da Comunicação, usou a tribuna da Casa à convite do vereador Rodrigo Gomes (Rede), onde tratou do tema: O Grito dos Excluídos. Oscar Costa Filho destacou a luta da igreja católica e demais instituições não governamentais contra a exclusão social de segmentos como: índios, negros, quilombolas, LGBT+, agricultores, mulheres, desempregados, moradores de rua, entre outros grupos excluídos.

                                              

Em seguida o vereador Professor Rodrigo Gomes (Rede), também usou a tribuna. Ele falou da preocupação com as queimadas na Amônia Legal e os conflitos agrários. O vereador fez referência ao Dia da Amazônia, celebrado em 5 de setembro.

                                                

O vereador Rinaldo Martins (PSOL), foi outro parlamentar que usou a tribuna. Ele falou sobre depressão, ressaltando que em dez anos, a doença cresceu quase 20%. Rinaldo Martins também fez apelo pela implantação de uma linha de ônibus Açucena/zona norte, no residencial Açucena, na zona sul da capital.

Texto: Edi Wilson Silva.
Fotos: Rosivaldo Nascimento/Jaciguara Cruz.
Secretaria de Comunicação/SECOM/CMM.