Falta de acessibilidade vira tema de audiência pública na Câmara de Vereadores

por danielle.duarte — publicado 03/01/2019 12h08, última modificação 03/01/2019 12h08

Falta de acessibilidade vira tema de audiência pública na Câmara de Vereadores

Cadeirantes, pessoas com deficiência física e visual lotaram as galerias da Câmara Municipal de Macapá (CMM) nesta sexta-feira, 7, para debater a falta de acessibilidade e do cumprimento de leis que asseguram serviços públicos à pessoas com deficiência.

O tema da audiência pública presidida pelo vereador Yuri Pelaes (MDB) foi “Defesa da pessoa com deficiência e lei de acessibilidade, denominada “Sem barreiras, sem entrave e sem obstáculo.

Durante o debate houveram vários questionamentos sobre a falta de elevador nos ônibus da capital, calçadas inadequadas e falta de acessibilidade nos prédios públicos. A proposta de implantação em Macapá dos semáforos com sistema sonoro para deficientes visuais, também foi um dos temas abordados. “Macapá é uma das poucas capitais do Brasil que não dispõe de semáforos com sistema sonoro para cegos”, diz o vereador Yuri Pelaes.

O parlamentar defende ainda o implemento de políticas públicas mais eficientes, amplas e que assegurem de fato os serviços de acessibilidade as pessoas com deficiência em Macapá.

Participaram também da audiência pública representantes da Guarda Civil Municipal, Prefeitura de Macapá, Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap), do segmento de pessoas com deficiência, entre outros convidados. Os vereadores Marcelo Dias (PPS), Professor Rodrigo Gomes (Rede Sustentabilidade) e Patriciana Guimarães (PRB), participaram dos debates.

Secretaria de Comunicação/SECOM/CMM