Lei que instituí o Dia Municipal dos Surdos em Macapá é sancionada

por Adriana Stephanie Amoras Ramos publicado 11/07/2019 17h39, última modificação 11/07/2019 17h39

O prefeito de Macapá Clécio Luis (Rede), sancionou na manhã desta quarta-feira, 10, a lei que institui 26 de setembro como o Dia Municipal dos Surdos. O Projeto de Lei (PL), é de autoria da vereadora Patriciana Guimarães (PRB), e foi aprovado em plenário na Câmara Municipal de Macapá (CMM), dia 11 de junho passado.

A cerimônia aconteceu na sala de reuniões da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM), e reuniu dezenas de pessoas surdas e representantes das comunidades surdas na capital.

Patriciana Guimarães ressalta que a lei prevê uma maior reflexão a respeito dos direitos e da inclusão das pessoas surdas na sociedade. “A lei sancionada hoje demonstra o nosso compromisso e do prefeito Clécio Luis com as pessoas surdas. Vivemos em uma sociedade onde todos precisam de espaço e de respeito”, argumenta a vereadora.

O dia 26 de setembro (Dia Municipal dos Surdos em Macapá) é a mesma data em que é celebrada o Dia Nacional dos Surdos, data instituída pela lei nº 11.796/2008.

No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde existem cerca de 45 milhões de pessoas com problemas de surdez, uma média de 14% da população brasileira. Em Macapá são aproximadamente 4 mil surdos, com cerca de 50 crianças surdas matriculadas regularmente em escolas públicas municipais.


Texto: Edi Wilson Silva 
Fotos: Rosivaldo Nascimento 
Secretaria de Comunicação/SECOM/CMM.