Nota de Esclarecimento

por Sec. Comunicação publicado 05/03/2021 14h39, última modificação 05/03/2021 14h39

Conforme já amplamente divulgado nas redes sociais, o posicionamento da senhora Joelma Chagas, esposa do falecido vereador Arilson Melo, contestando publicação feita pelo jornalista Luiz Melo, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Macapá vem a público reafirmar o que foi dito pela viúva, a fim de restabelecer a verdade dos fatos.

Desde o início do tratamento de saúde do vereador, o Poder Legislativo Municipal se colocou à disposição da família para ajudar no que fosse possível. E isso foi feito. Infelizmente, a Câmara de Macapá não possui rubrica no orçamento que garante o pagamento do tratamento de saúde de parlamentares.

Independentes disso, todos os vereadores, sem exceção, ajudaram no tratamento do colega parlamentar. Essa seria a primeira de muitas ajudas, caso perdurasse o tratamento de saúde do vereador.

Após o falecimento de Arilson Melo, o presidente da Casa, Marcelo Dias, imediatamente, decretou luto oficial por três dias, em respeito à memória do colega. O próprio velório aconteceu no plenário da Câmara Municipal de Macapá.

Em nenhum momento faltou apoio e solidariedade aos familiares e amigos do parlamentar. Uma nota de pesar foi divulgada em todos os canais de comunicação do Poder Legislativo Municipal.

Portanto, não tem fundamento algum às informações publicadas pelo referido jornalista, fato que nos deixa tristes nesse momento tão delicado e de dor pelo qual passa a Câmara Municipal de Macapá.

Queremos acreditar que o jornalista se equivocou.

No mais, o Poder Legislativo Municipal preza pela informação correta, pelo bom jornalismo, verdadeiro e imparcial.

Macapá, 5 de março de 2021.

Mesa Diretora da Câmara Municipal de Macapá.