Padre Paulo Roberto do IJOMA usa a tribuna da Câmara Municipal de Macapá

por danielle.duarte — publicado 02/10/2015 15h10, última modificação 02/10/2015 15h10

O diretor-presidente do Instituto do Câncer Joel Magalhães (Ijoma), Padre Paulo Roberto da Conceição de Souza, usou a tribuna da Câmara Municipal de Macapá (CMM) nesta terça-feira(29), durante a 43ª sessão ordinária, para expor as dificuldades enfrentadas pela instituição.

Antes de apresentar as problemáticas do IJOMA, o padre Paulo Roberto agradeceu a Iniciativa da Câmara Municipal de Macapá em aprovar projeto que institui e inclui no calendário de eventos de Macapá, a Semana Setembro Dourado.

Segundo Paulo Roberto, o IJOMA atende atualmente cerca de 500 pessoas com câncer no Amapá. “O nosso trabalho é bem maior, levamos atendimento também aos familiares destes pacientes, contabilizando milhares de atendimentos”. Disse o padre.

Conforme o diretor-presidente do IJOMA, a maior dificuldade está na falta de apoio institucional, recursos que segundo Paulo Roberto, seria utilizado para custear despesas com os projetos desenvolvidos pelo Ijoma. “Os recursos que chegam até o IJOMA são doações de empresários e da população em geral”. Descreveu.

Paulo Roberto aproveitou para pedir aos vereadores de Macapá que abrace a causa de combate ao câncer, intensificando seus trabalhos em prol de uma saúde mais acessível aos pessoas que necessitem de prevenção e tratamento.

“É imprescindível que Governo do Estado e Prefeitura se unam para oferecer um atendimento de saúde de qualidade e eficiente a população. O cenário da nossa saúde pública piorou, mesmo com o novo governo as dificuldades são maiores”. Finalizou.