Sebrae reconhece empenho de vereadores no incentivo à educação empreendedora

por danielle.duarte — publicado 16/10/2015 14h29, última modificação 16/10/2015 14h29

O superintendente do Sebrae/AP, João Carlos Alvarenga usou a tribuna da Câmara Municipal de Macapá(CMM) durante a 48ª sessão ordinária desta quinta-feira(15), Dia do Professor. O superintendente aproveitou a data em homenagem aos professores para comemorar o sucesso do Programa Nacional de Educação Empreendedora, nas escolas.

Segundo João Alvarenga, a Câmara Municipal de Macapá teve papel decisivo neste contexto, aprovando em março de 2013, um projeto de Lei, de autoria do vereador Eddy Clay Góes, estabelecendo a inclusão da educação empreendedora nas escolas da rede pública municipal. Alvarenga reforçou que em dois anos de execução, o projeto já atendeu cerca de 5 mil alunos da rede municipal e capacitou aproximadamente 170 professores.

Por intermédio do Programa Nacional de Educação Empreendedora, o Sebrae em parceria com as escolas municipais tem levado informação e conhecimento há cerca de educação empreendedora a milhares de estudantes. “Inclusive a proposta também foi concebida pelas escolas da rede estadual, hoje já somam quase 30 mil alunos em todo o Estado que foram capacitados”. Pontuou Alvarenga.

 

Projeto
O projeto tem o objetivo de ampliar, promover e disseminar a educação empreendedora nas instituições de ensino, por meio da oferta de conteúdos de empreendedorismo nos currículos, objetivando a consolidação da cultura empreendedora na educação.

João Alvarenga concluiu dizendo que os conteúdos de empreendedorismo repassados aos alunos e professores geram reflexão sobre projeto de vida e carreira futura, e desenvolvem competências empreendedoras para que o estudante decida por fazer parte de um negocio ou ser o seu próprio negócio, a partir dos conhecimentos adquiridos durante as aulas.

O vereador Eddy Clay, autor da lei que incentiva a educação empreendedora nas escolas municipais, reconhece o sucesso do projeto, ciente que a iniciativa visa apenas nortear o aluno para um futuro promissor com perspectivas de decidir o seu futuro ainda no presente.

Além do superintendente do Sebrae, no Amapá, a Câmara Municipal de Macapá também recebeu um grupo de alunos de escolas da rede municipal e professores.