Vereadores aprovam dezenas de matérias em sessão desta quinta-feira.

por Adriana Stephanie Amoras Ramos publicado 15/08/2019 17h40, última modificação 16/08/2019 09h23

Os vereadores de Macapá levantaram diversos debates durante a 36ª sessão legislativa desta quinta-feira, 15, na Câmara Municipal de Macapá. No total foram aprovados dois projetos de lei, 57 requerimentos e apreciadas 12 indicações.

Na oportunidade, vetos de dois projetos de leis que estavam em discussão foram retirados de pauta pelos autores. O primeiro foi do vereador Victor Hugo (PV), dispondo sobre controle populacional de cães e gatos em Macapá. O segundo foi do vereador Rinaldo Martins (PSOL), que institui a meia entrada de professores das escolas públicas e privadas em eventos culturais. Os vereadores votaram pelo arquivamento de um projeto de lei do vereador Professor Rodrigo Gomes (Rede), que previa a concessão de folga compensatória aos professores todo dia 15 de outubro (Dia do Professor), quando a data coincidir com os finais de semana.

PROJETOS- Os dois PL,s aprovados na sessão desta quinta-feira, por unanimidade, têm as seguintes autorias: Um é do vereador Dídio Silva (Patriota), priorizando a ocupação de todos os assentos dos ônibus por idosos, mulheres grávidas ou crianças de colo e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. O outro é do vereador Marcelo Dias (PPS), que nomina oficialmente de Avenida Professora Aldenora Rêgo Braga, a atual linha B, localizada no quilômetro 9, zona oeste da capital.

Foram lidos ainda dois projetos de leis e um de decreto legislativo, dos vereadores Cláudio Góes (PDT), Patriciana Guimarães (Republicanos), e Nelson Souza (Rede). Durante a sessão a tribuna da Casa recebeu o professor Iaci Ferreira Ramalho, vice-presidente da Executiva Municipal de Macapá/Sinsepeap. Ele foi convidado pelo vereador Auciney Maciel (PSDB), para expor aos vereadores à extensa pauta de reivindicação da categoria da educação municipal, junto ao Executivo, incluindo campanha salarial e condições de trabalho.

A vereadora Maraína Martins (PL), também usou a tribuna para homenagear 13 digitais influencers de Macapá. A homenagem se baseia na Lei Nº 2256/2017, de autoria da parlamentar e que instituiu o Dia Municipal do Empreendedorismo Virtual (11 de agosto).


Texto: Edi Wilson Silva.

Fotos: Rosivaldo Nascimento.

Secretaria de Comunicação/SECOM/CMM.