Vereadores aprovam projeto de Lei que torna utilidade pública à Associação Filarmônica Equinócio das Águas.

por danielle.duarte — publicado 15/10/2015 01h51, última modificação 15/10/2015 01h51

      A Câmara Municipal de Macapá aprovou por unanimidade na manhã desta terça-feira(13), durante a 47ª sessão ordinária, projeto de Lei de autoria do vereador Aldrin Torrinha(PROS), que torna a Associação Filarmônica Equinócio das Águas, como instituição de utilidade pública.

      O parlamentar ressaltou que acerca de cinco anos, o ex-vereador e hoje deputado estadual Jaime Perez, propôs a aprovação de projeto similar, beneficiando a Associação Filarmônica Equinócio das Águas, mas não obteve êxito.

         O presidente da Câmara Municipal de Macapá, vereador Acácio Favacho(PMDB), disse que, com a aprovação do projeto e posterior sanção do prefeito de Macapá Clécio Luis, ficará mais fácil para que a Associação Filarmônica Equinócio das Águas a busca de parcerias com a Prefeitura Municipal de Macapá(PMM), Governo do Estado(GEA) e o Governo Federal, com o objetivo de capitanear recursos para a manutenção da Orquestra Filarmônica Equinócio das Águas.

          Para o maestro Marcos Ribeiro, que é regente da orquestra, a iniciativa dos vereadores reforça o compromisso de cada um deles com a cultura macapaense. 

         Este momento é histórico para nós, músicos, que há mais de cinco anos aguardávamos por esse presente”. Disse Ribeiro.

         A Orquestra Filarmônica Equinócio das Águas existe há seis anos e reúne cerca de 40 músicos, em sua maioria vindos de bairros de periferia de Macapá.