Vereadores de Macapá debatem diversos problemas da capital.

por danielle.duarte — publicado 09/02/2017 22h39, última modificação 09/02/2017 22h39

A Câmara Municipal de Macapá (CMM) aprovou nesta quinta-feira (09), as primeiras matérias defendidas pelos vereadores da XII legislatura. As propostas foram aprovadas durante a realização da 2ª. sessão ordinária da CMM.

Durante a reunião, o vereador Gian do NAE (PT do B) defendeu vários Projetos de Lei. Um que propõe a instituição da Central de Conciliação e outro que autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder aumento no valor da tarifa do transporte de passageiros (Taxi).

O vereador Marcelo Dias (PPS) também defende três projetos: O primeiro dispõe sobre a obrigatoriedade da contratação, formação, atualização e manutenção de Brigada Profissional, composta por Bombeiros Profissionais Civis, em estabelecimentos. O segundo trata sobre a instituição do passe livre aos grupos de escoteiros(as), desbravadores(as), e alunos(as) dos projetos sociais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, nos coletivos urbanos de Macapá. Marcelo Dias propõe ainda a regulamentação de publicidade em transporte de passageiros, modalidade Táxi.

Indicações

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira (09), foram lidos também indicações de autoria dos vereadores Antônio Grilo (PV) e Rayfran Beirão (PR). As matérias dos dois parlamentares fazem indicação ao Governo do Estado e aos três senadores do Amapá para apresentarem Emenda ao Orçamento da União para obras de reforma do Centro de Convivência do Perpétuo Socorro e construção de Unidade Básica de Saúde com equipamentos no bairro Pantanal.

Os vereadores aprovaram ainda 19 requerimentos. As matérias foram de autoria dos vereadores Gian do NAE, Antônio Grilo, Caetano Bentes, Pastor Didio, Rayfran Beirão, Acácio Favacho e Claudio Góes.