Vereadores de Macapá discutem problemas da capital

por Adriana Stephanie Amoras Ramos publicado 23/05/2019 12h18, última modificação 23/05/2019 12h18

Com transmissão ao vivo pelo facebook, a Câmara Municipal de Macapá (CMM), debateu e aprovou uma série de proposituras na sessão ordinária desta terça-feira, 21.

Os vereadores apresentaram 20 Indicações e aprovaram 63 Requerimentos. As matérias abordam questões como melhoria do sistema de água tratada, policiamento ostensivo, empreendedorismo, iluminação pública, limpeza, asfaltamento e transporte público.

As Indicações foram defendidas pelos vereadores Cláudio Góes (PDT), Ruzivan Pontes (SD), Patriciana Guimarães (Republicano), Rayfran Beirão (PR), Odilson Nunes (SD), Marcelo Dias (PPS), Rinaldo Martins (PSOL), Maraína Martins (PR), Japão Baia (PDT) e Antônio Grilo (PV).

Os Requerimentos aprovados em plenário são de autoria de Ruzivan Pontes (SD), Diego Duarte (Podemos), Cláudio Góes (PDT), Patriciana Guimarães (Republicano), Yuri Pelaes (MDB), Dreiser Alencar (Rede), Rayfran Beirão (PR), Odilson Nunes (SD), Dídio Silva (PRP), Maraína Martins (PR), Marcelo Dias (PPS), Rinaldo Martins (PSOL), Adrianna Ramos (PTB), Japão Baia (PDT), Antônio Grilo (PV) e Bruna Guimarães (PSDB).

Foram aprovados ainda quatro requerimentos de urgência para o uso da tribuna na quinta-feira, 23. Além disso, o município encaminhou em mídia digital à CMM, relatório trimestral financeiro da Prefeitura de Macapá e da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Foram lidos ainda projeto de lei da vereadora Adrianna Ramos (PTB) que declara de utilidade pública a Associação para Amar e Servir e projeto de resolução da vereadora Patriciana Guimarães (Republicano), que altera o Regimento Interno da Casa e cria a Procuradoria Especial da Mulher da CMM.

Texto: Edi Wilson Silva. 
Fotos: Deco de França/Rosivaldo Nascimento.
Secretaria de Comunicação/SECOM/CMM.