Vereadores debatem estratégias de combate ao feminicídio durante a 25ª Sessão on-line nesta terça-feira

por Sec. Comunicação publicado 08/06/2021 21h30, última modificação 08/06/2021 21h30

Os vereadores de Macapá iniciaram a 25ª sessão virtual desta terça-feira, 8 de junho, debatendo a violência contra a mulher e o feminicídio. O tema foi protagonizado pela feminista Mari Cruz, representante do Levante Feminista Contra o Feminicídio, que usou a tribuna da Câmara Municipal de Macapá, a convite da vereadora Adrianna (PSC).

Intervenções - Na ocasião, os parlamentares fizeram várias intervenções, demonstrando preocupação com a violência contra a mulher, o feminicídio e a necessidade de debater e aprovar com urgência políticas públicas voltadas à prevenção e o combate a este tipo de crime. “Aprovar políticas públicas para combater o feminicídio é dever de todos nós. A Câmara Municipal de Macapá está de portas abertas para escancarar esse debate”, destacou o presidente da Casa, vereador Marcelo Dias (Solidariedade).

Projetos de Lei - Os parlamentares votaram e aprovaram ainda, o arquivamento de dois projetos de lei. Um do vereador Alexandre Azevedo (PP), instituindo a “Ficha Limpa em Macapá” para nomeação de cargos comissionados, agentes políticos, chefia ou assessoramento na administração direta, indireta e funcional dos poderes executivos e legislativos municipal e outro do vereador Daniel Theodoro (PSOL), propondo a instituição do Dossiê Mulheres, na capital. As duas proposta já são Leis aprovadas pela CMM.

Foram aprovados também o veto parcial do Executivo Municipal ao PL, que trata da formação de um grupo de trabalho para realizar ações educativas itinerantes na rede pública de ensino das escolas municipais de Macapá, visando à valorização das mulheres e o combate de toda forma de violência contra a mulher e projeto de lei do vereador Marcelo Dias (Solidariedade), denominando de Siney Sabóia a Banda da Guarda Civil Municipal de Macapá, músico que faleceu dia 16 de maio do ano passado, vítima de COVID-19.

Os vereadores aprovaram ainda 52 requerimentos e nove indicações. Também houve a leitura de quatro projetos de lei, um do vereador Claudiomar Rosa (Avante) e três do vereador Zeca Abdon (PP).

Na reunião, foram votados e aprovados também Votos de Pesar às vítimas de COVID-19, Maria das Graças Queiroz Xerfan (proposto pelo vereador Nelson Souza), professor Carlos Alberto Viana Marques (pelo vereador Gian do Nae), Wanderley Gomes da Silva (proposto pelo vereador Claudiomar Rosa).


Secom/CMM
Fotos: Rosivaldo Nascimento e Jaciguara Cruz