Vereadores travam importantes debates durante a 18ª Sessão da CMM nesta terça-feira

por Sec. Comunicação publicado 12/05/2021 12h44, última modificação 12/05/2021 12h44

Na 18ª Sessão Ordinária virtual da Câmara Municipal de Macapá, ocorrida nesta terça-feira, 11 de maio, os vereadores travaram importantes debates pautados nos principais problemas da cidade e identificados pela população macapaense. A reunião foi conduzida pelo presidente da Casa, vereador Marcelo Dias (Solidariedade).

Os vereadores apreciaram três projetos de lei do vereador Dudu Tavares (PDT) e um outro do vereador Marcelo Dias (Solidariedade). Durante a votação das propostas, os debates foram intensos e acirrados. Duas das proposituras de Dudu Tavares foram rejeitadas e uma aprovada com emenda supressiva. A proposta de Marcelo Dias foi aprovada por unanimidade.

Foram votados e aprovados também 47 requerimentos e sete indicações, assinados pelos vereadores Cláudio Góes (DEM), Alexandre Azevedo (PP), Maraína Martins (Podemos), Edinoelson Careca (PROS), Adrianna Ramos (PSC), Janete Capiberibe (PSB), Dudu Tavares (PDT), Luany Favacho (PROS), Bruno Santos (PSDB), Marcelo Dias (Solidariedade), Claudiomar Rosa (Avante), Dudu Barbosa (PL), Nelson Souza (PSD), Paulo Nery (Cidadania) e Karlyson Rebolça (PRTB).

PLEITOS - Na pauta, os parlamentares aprovaram proposituras que tratavam de problemas como: limpeza de ruas, lixeira viciada, asfaltamento, iluminação pública, faixa para pedestre, policiamento ostensivo, construção de feira livre, reforma e construção de passarelas, aquisição de poltronas e macas para o Hospital Estadual de Emergência, entre outros pleitos.

Houve ainda a leitura de quatro projetos de lei, um do vereador Gabriel Andrade (DEM), outro do vereador Bruno Santos (PSDB) e os dois últimos do vereador Marcelo Dias (Solidariedade). As proposituras serão encaminhadas para análise das comissões permanentes e depois retornam ao plenário para votação final.

TRIBUNA - A tribuna virtual da Casa da Leis foi ocupada pelo professor Emerson Ramos de Souza, especialista educacional e representante do Movimento Chama os Mil, que fez usou o espaço para falar a respeito do movimento e agradecer pela convocação dos aprovados no concurso público da educação de 2018. O professor foi convidado pelo vereador Cláudio Góes (DEM).

O secretário municipal de Finanças de Macapá, Pedro Paulo da Silva Costa, convocado pela Câmara de Vereadores para explicar o aumento da alíquota do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) implementado este ano, chegou a usar parcialmente a tribuna, mas teve a participação interrompida devido dificuldades com Internet. A convocação do gestor municipal, proposta pelo vereador Dudu Tavares (PDT), ficou para a próxima sessão.

Secom/CMM
Fotos: Rosivaldo Nascimento/Jaciguara Cruz