Washington Picanço questiona contrato feito pela Macapá Previdência.

por danielle.duarte — publicado 15/12/2015 21h59, última modificação 15/12/2015 21h59

                     O vereador Washington Picanço(PSB), usou a tribuna da Câmara Municipal de Macapá, nesta terça-feira(24), durante a 59ª. sessão ordinária, para questionar um contrato entre a Fundação Macapá Previdência e uma empresa de consultoria.

                         Segundo o vereador socialista, a empresa teria sido contratada sem licitação para gerenciar investimentos da Macapá Previdência que somam cerca de R$ 84 milhões. “O estranho é que para gerenciar esse serviço a empresa de consultoria foi contratada para receber apenas R$ 600,00 por mês”. Denuncia Picanço.

                O parlamentar pediu apoio dos demais vereadores presentes a sessão ordinária, para que apurem mais informações acerca do contrato, que na opinião de Washington Picanço ainda está muito obscuro.


Comissão

Neste sentindo, o presidente da CMM, vereador Acácio Favacho, sugeriu a criação de uma comissão constituída por vereadores para apurar as denúncias apresentadas por Washington Picanço. “No enfrentamento desta grave crise financeira que passa o país, não podemos ficar dúvida do gasto e do investimento desses R$ 84 milhões”.  Disse Favacho.


O parlamentar ficou surpreso com a denúncia apresentada na Câmara Municipal. “É muito estranho, realmente, uma empresa receber apenas R$ 600,00 por mês para gerenciar esse volume de recursos que é do nosso servidor municipal”. Finalizou Acácio Favacho.